11 3729-7785    11 98117-1447

O que fazer para manter a higiene e organização de supermercados



28 de agosto de 2017



O que fazer para manter a higiene e organização de supermercados

Em tempos de forte concorrência, o supermercadista precisa ficar atento com todos os detalhes de seu estabelecimento. E os pontos mais observados pelos clientes e que devem ser levados em consideração são a higienização do ambiente e a organização do estabelecimento.

Fidelizar o consumidor é uma tarefa cada vez mais difícil. Porém, para perdê-lo basta deixar de lado essas duas coisas. Por ser um ambiente que vende produtos, em grande parte, alimentícios, o cliente ao perceber sujeira e desorganização, assimila o local com falta de higiene e com o comprometimento dos produtos. Zelar por um ambiente limpo, arejado e organizado se torna essencial para garantir uma experiência boa o suficiente para fidelizá-lo.

Confira, a seguir, algumas dicas para manter o local sempre limpo e organizado:

– Os alimentos devem estar em perfeito estado de conservação, além de terem a licença para a industrialização ou produção;

– Suas especificações devem atender às exigências da Legislação Federal e Estadual relativas ao registro de rotulagem e padrões de identidade e qualidade, conforme normas estabelecidas pelo Código de Proteção e Defesa do Consumidor;

– É importante se atentar com os alimentos, os mantendo protegidos de contaminação física, química e biológica, proveniente do homem, dos animais e do meio ambiente;

– Os alimentos perecíveis precisam ser transportados, armazenados e depositados sob condições de temperatura, umidade, ventilação e luminosidade que os protejam de deteriorações;

– Evite o contato de utensílios, recipientes e equipamentos que tenham sido usados em produtos crus com os alimentos cozidos, a não ser que sejam devidamente lavados e desinfetados;

– No acondicionamento de alimentos, não se deve usar como embalagem, jornais, papéis coloridos ou filmes plásticos com a face interna impressa;

– Mantenha os depósitos sempre limpos, com estrados ou prateleiras com altura mínima de 40 cm (quarenta centímetros) do piso e separados por corredores, a fim de evitar a presença de baratas e ratos;

– Os perecíveis precisam de atenção redobrada. Necessitam de refrigeração, por isso, é importante para o consumidor saber que temperatura ideal mínima é necessária para uma boa conservação.

Seu estabelecimento já segue todas as dicas para se manter limpo e organizado? Que tal contar com a ajuda da Trevo THL para garantir a correta higienização do ambiente? Saiba mais: http://www.trevothl.com.br/

Visite o nosso site e saiba mais

VISITE